Linkbão Oi Torpedo Click Jogos Online Rastreamento Correios Mundo Oi oitorpedo.com.br mundo oi torpedos mundo oi.com.br oi.com.br torpedo-online Tv Online torrent Resultado Dupla Sena Resultado Loteria Federal Resultado Loteca Resultado Lotofacil Resultado Lotogol Resultado Lotomania Resultado Mega-sena Resultado Quina Resultado Timemania baixa-facil Link-facil Resultado Loterias

sábado, 1 de maio de 2010

Crítica: Homem de Ferro 2


Apenas dois anos se passaram depois da grande estreia da Marvel como estúdio independente, com o lançamento e enorme sucesso de Homem de Ferro, que obteve arrecadação de mais de US$ 580 milhões ao redor do mundo.

Jon Favreau – mesmo diretor da primeira parte – recebeu a incumbência de dirigir a sequência, que conta novamente com a dupla Robert Downey Jr e Gwyneth Paltrow nos papéis de Tony Stark e Pepper Potts, respectivamente.

Homem de Ferro 2 inicia-se exatamente no ponto em que o primeiro filme parou: Tony Stark anuncia que é o Homem de Ferro e a sensação de que o mundo está protegido é instaurada. O problema é que o governo começa a pressioná-lo para que ele forneça as informações da tecnologia armamentícia que usa. As informações caem nas mão erradas e surge um inimigo à sua altura, que agora pode espalhar o caos – o que rende sequências ótimas de ação, inclusive no GP de Mônaco de Fórmula 1, filmado no ano passado.

O argumento é muito bom, contextualizado à nossa realidade, como o primeiro o fazia, ao ligar a história à Guerra do Afeganistão. Mas, após alguns minutos de filme, tudo que se segue é uma exagerada ficção, quase (mas não totalmente) reduzida à típica guerrinha entre o bem e o mal. Mesmo assim, Favreau consegue, mais uma vez, equilibrar as sequências de ação com o desenvolvimento dos personagens, ao contrário do erro que acomete muito os estúdios ao realizarem sequências: a megalomania de achar que mais (ação, efeitos, barulho) é melhor.

Robert Downey Jr continua puxando a responsabilidade para si – com pinta ainda mais aguçada de popstar e cada vez mais convencido –, mas dessa vez ele tem a seu lado interpretações tão apaixonadas quanto a dele. Gwyneth Paltrow está mais à vontade e entregue à sua Pepper Potts, Don Cheadle substitui bem o personagem James Rhodes – antes interpretado por Terrence Howard – e Scarlett Johannson empresta toda a sua sensualidade para a ótima Natasha Romanov. Mas quem rouba a cena é Mickey Rourke, excepcional em seu trabalho de caracterização e interpretação do vilão Ivan Vanko, russo de sotaque carregado, que associa-se a Justin Hammer, para tentar controlar a tecnologia desenvolvida pelas indústrias de Tony Stark.

Para quem gosta de encontrar pistas sobre o futuro do herói ou das adaptações Marvel, é possível identificar uma pista, quando Tony Stark pega o projeto “Os Vingadores” e o coronel James Rhodes diz algo do tipo: “acho que este projeto vai ficar para depois”. Será?


O fato é que Homem de Ferro 2 tem potencial suficiente para manter ou aumentar o sucesso do primeiro, garantindo outras sequências. Curiosamente, na minha sessão – vazia, com cerca de 20 pessoas – só haviam homens. Pelas reações, o público masculino ficará satisfeito com o resultado. Resta saber se nas mulheres o efeito será o mesmo.

O longa não tem os méritos de inovação de roteiro – este aqui tenta fazer referências à situação mundial atual e à falsa ideia de paz, mas não o faz com propriedade e conteúdo –, mas, no quesito entretenimento, é tão eficiente quanto a primeira parte. O suficiente para não decepcionar a maioria.

Trailer:

(Iron Man 2, EUA, 124 minutos, 2010)
Dir.: Jon Favreau
Com Robert Downey Jr, Gwyneth Paltrow, Don Cheadle, Mickey Rourke, Sam Rockwell, Scarlett Johannson

12 comentários:

Schuenck disse...

Então Fred, aqueles carros não são de F1... apesar de ser o GP de Mônaco.
Ao meu ver a pressa em lançar a sequencia garantiu algumas falhas nos momentos de CG e Chroma... principalmente na sequencia de F1.

Concordo com você que o filme segue bem. Don Cheadle manda muito bem na substituição de Terence Howard - que saiu da sequência por querer um cachê maior do que a Marvel se dispôs.

Resta ver agora... ano que vém tem Thor, de Kenneth Bragnah e o Capitão América, que será estrelado pelo canastrão Chris Evans.

Jardel Nunes disse...

Boa a crítica, e nota-se que é feita por alguém que não está mergulhado no mundo dos quadrinhos... é bom ver uma opinião assim.
Eu mesmo, achei o filme fantástico e não achei o roteiro tão fantasioso assim, ele apenas segue o conceito das HQs... o Homem de Ferro é tecnologia pura, nada mais normal do que o filme transbordar isso...

Bom, dá uma passada no meu blog, eu acabei de posta uma visão mais "nerd" do filme.

www.topangablog.blogspot.com

bruno knott disse...

caramba... só 20 pessoas na sessão? não dá pra entender...

sua crítica me tranquilizou quando você diz que o diretor não apela pra ação ininterrupta!

verei esta semana ainda.

abraços.

Claudia disse...

Eu vi hj o filme e adorei,me divertiu e seguiu bem a linha do primeiro, foi uma boa continuação.
Pelo menos em Santos, e seção das 6 da tarde de Domingo estava bem cheia( meninas até tinham, mas a maioria acompanhada do marido/namorado)
mas foi diversão garantida pra mim.

caio disse...

eu vi o filme no dia de estréia,e havia poucas pessoas na sala,curiosamente todos homens,
mas muito divertido o filme,
com ótima atuação de Robert Downey Jr e para mim em destaque foi a atuação da Scarlett Johannson

Anônimo disse...

Numa boa, aqu iem minha cidade São Carlos -SP, as salas de cinema lotaram o dia todo na sexta feira, dificil ver que não lotou em outros lugares :S

Fred Burle disse...

Schuenk (Octávio!) - eu não me referi aos carros serem de Fórmula 1 e sim das filmagens terem sido realizadas naquele evento. Os defeitos de CG e Chroma que você citou passaram despercebidos por mim. Da próxima vou reparar nisso.
Terrence Howard se deu mal. Ficou fora de uma franquia ótima.
Tenho boas expectativas quanto a Thor, mas tenho minhas dúvidas quanto ao Capitão América. Vamos ver!

Jardel, não me referi à tecnologia que impregna a história, mas à forte dose ficcional desta parte. Não é como a primeira, que abordava a Guerra do Afeganistão, um assunto real misturado à ficção. Desta vez, tudo é ficção, entende? Não é ruim, mas não é consistente como o primeiro.
Vou ler sua crítica "nerd".

Bruno, assistiu? Quando publicar sua crítica, lerei!

Pessoal, não estranhem. A minha sessão estava vazia porque era a primeira de todas, ou seja, 12hs de sexta, em Aracaju, cujo público é pequeno neste horário. Pela bilheteria divulgada, o filme foi muito bem - a segunda maior abertura do ano, ficando atrás somente de "Alice..."

Caio, tenho escutado muito isso, de que grande parte do público é masculino. Mas há mulheres que gostam também, como pode perceber pelo comentário da Cláudia.

Abraços a todos vocês!

Fiu disse...

Então Fred...pessoas ai te criticando nos comentários, mas gosto é gosto não é mesmo.
Eu gostei do segundo filme tanto quanto o primeiro, os dois pra mim são muito bons. Mas entendo também que muita gente se decepcionou com esse.
O Jon Favreau disse que achou o intervalo de um filme para o outro pequeno demais, mas mesmo assim não me decepcionou.
Realmente Mickey Rourke rouba a cena e o Robert Downey Jr como sempre tá ótimo. Gostei muito também da Gwyneth Paltrow e dá Scarlett Johannson no filme.
Ótima critica Fred. Abraço.

Amanda Aouad disse...

Gostei do filme, mas não me empolgou ao extremo, achei exagerado em alguns momentos, principalmente aquela cena dele com a armadura na festa. A cena do xixi, então, desnecessária.

Quanto aos Vingadores, sim, vem aí, parece que em 2012 antes do mundo acabar... hehe. Você não ficou para depois dos créditos, não? Tem uma cena de algo que vem por aí...

bjs

Fred Burle disse...

Fiu, o intervalo foi pequeno, mas se eles encontraram uma história decente, não era preciso esperar. Mas um pouquinho de lapidação no roteiro faria muito bem ao filme.

Amanda, eu não fiquei para o pós-créditos. Não sabia que haveria algo. =(
Mas obrigado pela informação!

Beijos e abraços!

Schubert(Juninho) disse...

Meu querido primo...esqueceu de comentar que eles foram tão fiéis a uma sequência e de pistas para o futuro que inclusive o escudo do Capitão América aparece, em pedaços, em um trecho do filme, deixando bem claro o projeto Vingadores, o qual já foi assinado por Downey Jr.

Fred Burle disse...

Juninho (irmão da Stephanie?), a riqueza de detalhes impressiona, inclusive neste cuidado de soltar pistas para o público, mas isso não foi algo que senti necessidade de comentar. Mas você lembrou bem. E além do projeto Os Vingadores, já está em préprodução o filme-solo do Nick Fury. Não sei se ficará bom, mas... enfim, é uma informação.
Abraço!

Postar um comentário

Concordou com o que leu? Não concordou?
Comente! Importante: comentários ofensivos ou com palavras de baixo calão serão devidamente excluídos; e comentários anônimos serão lidos, talvez publicados, mas dificilmente respondidos.

 
Linkbão Oi Torpedo Click Jogos Online Rastreamento Correios Mundo Oi oitorpedo.com.br mundo oi torpedos mundo oi.com.br oi.com.br torpedo-online Tv Online torrent Resultado Dupla Sena Resultado Loteria Federal Resultado Loteca Resultado Lotofacil Resultado Lotogol Resultado Lotomania Resultado Mega-sena Resultado Quina Resultado Timemania baixa-facil Link-facil Resultado Loterias