Linkbão Oi Torpedo Click Jogos Online Rastreamento Correios Mundo Oi oitorpedo.com.br mundo oi torpedos mundo oi.com.br oi.com.br torpedo-online Tv Online torrent Resultado Dupla Sena Resultado Loteria Federal Resultado Loteca Resultado Lotofacil Resultado Lotogol Resultado Lotomania Resultado Mega-sena Resultado Quina Resultado Timemania baixa-facil Link-facil Resultado Loterias

terça-feira, 5 de maio de 2009

Palavra (En)cantada

Conta a lenda que dormia
Uma Princesa encantada
A quem só despertaria
Um Infante, que viria
De além do muro da estrada.

Ele tinha que, tentado,
Vencer o mal e o bem,
Antes que, já libertado,
Deixasse o caminho errado
Por o que à Princesa vem.

A Princesa Adormecida,
Se espera, dormindo espera,
Sonha em morte a sua vida,
E orna-lhe a fronte esquecida,
Verde, uma grinalda de hera.

Longe o Infante, esforçado,
Sem saber que intuito tem,
Rompe o caminho fadado,
Ele dela é ignorado,
Ela para ele é ninguém.

Mas cada um cumpre o Destino
Ela dormindo encantada,
Ele buscando-a sem tino
Pelo processo divino
Que faz existir a estrada.

E, se bem que seja obscuro
Tudo pela estrada fora,
E falso, ele vem seguro,
E vencendo estrada e muro,
Chega onde em sono ela mora,

E, inda tonto do que houvera,
À cabeça, em maresia,
Ergue a mão, e encontra hera,
E vê que ele mesmo era
A Princesa que dormia.

(aplausos) É assim, lindamente, que Maria Bethânia recita Eros e Psique, de Fernando Pessoa, em um dos trechos singelos e agradáveis do documentário Palavra (En)cantada, de Helena Solberg.

Eu não podia deixar de brindar vocês com esse poema, já que nele está contida a alma do filme: a palavra, a poesia, um canto, um amor, uma língua.

Língua essa, coitada, que anda judiada, toda acuada, que de tão maltratada, não sabe mais de nada. Perdeu a identidade, implorando por dignidade. “- Mas o que importa em sua forma, se podem sempre fazer-lhe uma reforma?”

Deixando de lado meus versinhos cafajestes, digo que esta sim, é uma grande homenagem à língua portuguesa, que em todo seu esplendor e grandeza, já rendeu tantos textos e músicas, de belíssima riqueza! (que irritante e contagiante isso de rimar!) Por aqui vou parar. Vamos aos fatos.

Quando li sobre o filme, chamou-se a atenção a quantidade de bons músicos e pensantes que depunham no filme: Chico Buarque, Lenine, Adriana Calcanhoto, Tom Zé, Martinho da Vila, Maria Bethânia, Zélia Duncan, entre outros. Não seria possível que esses artistas, que em sua maioria não gostam de dar entrevistas e não aparecem à toa por aí, colocariam seu nome num produto ruim. Têm eles inteligência para argumentar e contar histórias interessantes sobre quem foi/é a favor ou contra essa mistura de poesia e canção.

Então, o tempo foi passando, o filme já estava em cartaz há dois meses ou mais, o boca-a-boca se fez, um bom público aplaudiu, resolvi finalmente assistir ao filme. Ainda bem que tive esse privilégio de ter 90 minutos tão agradáveis e inteligentes.

A proposta do filme é algo tão abrangente que seria muito fácil resultar em algo perdido em própositos e chato nos depoimentos. O que acontece é que a direção teve coerência nas entrevistas, enriqueceu-se de material e chutou pro montador fazer o gol! Helena Solberg resolveu tratar da relação entre a poesia e a música e a difícil transposição daquela nesta, o que por vezes resulta em algo muito feliz. Fez então, uma viagem na música brasileira, indo de poetas provençais a rappers, da bossa nova ao tropicalismo, do carnaval de rua à nova mpb.

Com uma pesquisa de imagens de arquivo primorosa, Palavra nos traz poetas como Waly Salomão, Hilda Hilst (adoro), Vinícius, Cartola e por aí vai, num misto de saudosismo e contemplação.

Há ainda, depoimentos hilários e (aparentemente) sem pé nem cabeça, de malucos como Lenine, Tom Zé e Caetano Veloso para completar o programa com sorriso no rosto e ouvidos limpos.

Recomendo a todos que gostam de boa música e principalmente, aos que gostam de poesia. Lindo lindo! Sem palavras.

Como disse Tom Zé: “- Uma canção é o inefável!”


Trailer do filme:

video

Ficha:

Palavra (En)cantada

(Brasil, documentário, 86 minutos, 2009)

Direção: Helena Solberg


Nota: 9,0

2 comentários:

Elizabeth disse...

Eu juro que não ouvi falar deste filme, mas fiquei hiper curiosa agora. Está em cartaz onde? Super time!

Fred Burle disse...

Oi, Beth! Acertei na mosca, então. Pensei justamente em você quando escrevi o post!
Em Brasília, ele só está passando no Cine Academia, mas vale muito a pena uma forcinha pra ir lá...
=)

Postar um comentário

Concordou com o que leu? Não concordou?
Comente! Importante: comentários ofensivos ou com palavras de baixo calão serão devidamente excluídos; e comentários anônimos serão lidos, talvez publicados, mas dificilmente respondidos.

 
Linkbão Oi Torpedo Click Jogos Online Rastreamento Correios Mundo Oi oitorpedo.com.br mundo oi torpedos mundo oi.com.br oi.com.br torpedo-online Tv Online torrent Resultado Dupla Sena Resultado Loteria Federal Resultado Loteca Resultado Lotofacil Resultado Lotogol Resultado Lotomania Resultado Mega-sena Resultado Quina Resultado Timemania baixa-facil Link-facil Resultado Loterias