Linkbão Oi Torpedo Click Jogos Online Rastreamento Correios Mundo Oi oitorpedo.com.br mundo oi torpedos mundo oi.com.br oi.com.br torpedo-online Tv Online torrent Resultado Dupla Sena Resultado Loteria Federal Resultado Loteca Resultado Lotofacil Resultado Lotogol Resultado Lotomania Resultado Mega-sena Resultado Quina Resultado Timemania baixa-facil Link-facil Resultado Loterias

quarta-feira, 22 de dezembro de 2010

Crítica: Scott Pilgrim Contra o Mundo

Lembro de ter dito, nesta mesma época do ano passado: “nerds, festejem, pois seu filme do ano chegou”. Era sobre 500 Dias com Ela, filme que se tornou sensação entre o público (pseudo)cult-nerd. Pois bem, eis que los digo o mesmo agora.

Scott Pilgrim Contra o Mundo possui todos os elementos necessários para fazer sucesso no nicho para o qual foi direcionado: possui referências pop mil, que vão dos quadrinhos tradicionais aos mangás, da música pop ao rock, dos filmes de ação às comédias teen, dos jogos de videogames antigos aos mais modernos.

O personagem-título é vivido por Michael Cera, garoto que já fez sucesso protagonizando outras duas comédias de segmentos similares, Superbad e Juno. Com cara de quem acabou de largar a mamadeira, ele faz o tipo ideal que se encontra entre o imaturo e o recém-independente. Mal terminara de concluir que o que sentira por uma adolescente de 17 anos não era amor, engatara um romance com uma garota de 25 anos, três a mais que ele.

Só que, para ficar com a moça descolada e de cabelos de cores mutantes, Scott terá que enfrentar os sete ex-namorados dela. E ele tentará fazê-lo com a ajuda dos parceiros de sua banda de rock, sua irmã e seu companheiro de quarto, o “amigo gay” Wallace Wells (Kieran Culkin, roubando a cena).

História simples, encontrada em qualquer comédia-romântica, seja ela teen ou não. O que o diretor Edgar Wright (Todo Mundo Quase Morto; Chumbro Grosso) fez foi traduzir os sentimentos comuns à maioria das pessoas que se encontram neste estágio de vida em imagens hiperbólicas. Quem nunca sentiu, num dia de ressaca, que a luz do dia agride tanto quanto a um vampiro; ou que o cérebro registra as informações básicas de cada pessoa e as fornece sempre que as vemos, como tarjas identificatórias; ou que uma possível briga pode se tornar numa luta épica cheia de efeitos visuais de filmes de ação?

Baseado no livro homônimo, que também serviu de base para o game, o filme não poupa esforços para ser fiel ao estilo de origem e dá ao fã aquilo que ele deseja ver: muita computação gráfica, sensacionais truques de montagem a la Tulse Luper (do surrealista Peter Greenaway) e uma trilha de base rock sintonizada com a atual onda estilística.

A produção caprichou na variedade de cenários e em cada detalhe das cenas, que dão bruscos saltos entre um fundo e outro, entre o real e o imaginário, mas que não causam estranhamento. São poucos os momentos em que ultrapassa a linha do aceitável e exagera no hype.

Uma overdose onomatopéica de dar inveja às antigas versões de tevê para Batman e Robin, Scott Pilgrim recicla suas referências para criar um estilo próprio, mas que provavelmente – e infelizmente – só agradará a nerds, geeks e simpatizantes.

Trailer:

(Scott Pilgrim Vs The World, EUA/Inglaterra/Canadá, 112 minutos, 2010)
Dir.: Edgar Wright
Com Michael Cera, Kieran Culkin, Jason Schwartzmann, Anna Kendrick, Chris Evans
Nota 8,5

12 comentários:

@KellxD disse...

Não consigo gostar desse filme. Quem sabe numa época far far away, eu queira assisti-lo. Mas até lá, continuo achando uma comédia "teen" muito idiota.
Talvez eu esteja errada. Mas não costumo mudar minhas opiniões de filmes. xD

Pra variar, adorei sua crítica Fred, o Omelete devia aprender com vc. ;D
Abraços.

cris disse...

Preciso conferir! Parece bem divertido...
Adorei 500 Dias Com Ela, mas to muito longe de ser pseudo-cult-nerd, e agora? hahaha...

Amanda disse...

Só uma coisa, o filme é baseado na série de HQs Scott Pilgrim e não no jogo.
E enfim, ainda não vi, mas pelo teor hypado do filme, torço para que seja bom, já que a HQ é bem divertida.

alan raspante. disse...

torcendo pra que sua estreia chegue aqui onde moro :)

Amanda Aouad disse...

Parece que aqui em Salvador ele vem direto pro DVD, enquanto isso tempos que aturar coisas como Federal e Instinto de Vingança nos cinemas...

Vinicius Barbieri disse...

Ah consegui finalmente assistir esse filme, já li a 1ª HQ e tava ansioso pra estréia até que sexta feira(05) consegui ver no cinema, muito bom o filme. Até lembra um pouco o clima de 500 dias com ela, uma comédia completamente romantizada e que passa a mensagem que quer passa, vale muito a pena conferir!

bruno andré schmitz disse...

só algumas correção ai para aqueles que interesse o filme foi baseado em 6 livros de Bryan Lee O'Malley um canadense e o jogo a qual vocês fazem referencia ai foi baseado nos mesmos livros
indico os livros para aqueles que queiram rir bastante é muito bom e o filme não deixa nada a desejar

Lucas M. disse...

Que a verdade seja dita Wallace Wells roubou totalmente a cena mesmo, Kieran Culkin atuou ABSURDAMENTE bem, e Michael Cera fez aquele lenga-lenga de sempre.
Para quem leu a HQ sabe que a personalidade dos dois está muito longe uma da outra.
E falando em HQ x Filme, o final do filme ficou com muito mais "engraçado" com aquela famosa referência ao que acontece em MUITOS jogos. O que tornou o filme muito mais voltado para o público geek, nerd, whatever. Já que o final do mangá é muito mais profundo.

No mais um ótimo filme.

Anônimo disse...

filme muito ruim D:

Fred Burle disse...

@KellxD, muitíssimo obrigado. Você é sempre muito generosa nas palavras comigo. Só faltou te convencer de ver o filme!

Cris, eu também estou muito longe de ser pseudocult e também adorei 500 Dias com Ela, assim como este. A citação não foi uma generalização!

Amanda, obrigado pela correção. Refiz a pesquisa e vi que minha fonte estava errada.

Alan, tomara que chegue logo!

Amanda (Aouad), que lástima isso! Não dá para entender o tratamento que as distribuidoras dão a certos filmes...

Vinícius, que bom que gostou e concordou com a crítica. Não li as HQs, mas quem sabe um dia...

Bruno, obrigado a você também pela correção.

Lucas, espero que Michael Cera varie logo sua interpretação, senão não vai durar muito tempo mais...

Abraços a todos e obrigado pelos comentários!

Artur Cirilo disse...

Assisti o filme ontem e também achei meio idiota e com uma narrativa não muito boa, a idéia dele em geral é realmente bem interessante. Mas do jeito que a história foi contada ao meu ver fica meio chata depois do começo do filme e a melhor coisa do filme que achei foi a atuação do Kieran Culkin.
Interessante que uma "amiga" ficou com raiva por que não falei bem do filme e saiu correndo do messenger, vamos ver quantos mais.

Fred Burle disse...

Artur, não vejo problemas em você não ter gostado do filme. Mas que bom que você concorda: Kieran Culkin entregou aqui sua melhor atuação.
Espero que sua amiga já tenha feito as pazes com você.
Abs

Postar um comentário

Concordou com o que leu? Não concordou?
Comente! Importante: comentários ofensivos ou com palavras de baixo calão serão devidamente excluídos; e comentários anônimos serão lidos, talvez publicados, mas dificilmente respondidos.

 
Linkbão Oi Torpedo Click Jogos Online Rastreamento Correios Mundo Oi oitorpedo.com.br mundo oi torpedos mundo oi.com.br oi.com.br torpedo-online Tv Online torrent Resultado Dupla Sena Resultado Loteria Federal Resultado Loteca Resultado Lotofacil Resultado Lotogol Resultado Lotomania Resultado Mega-sena Resultado Quina Resultado Timemania baixa-facil Link-facil Resultado Loterias