Linkbão Oi Torpedo Click Jogos Online Rastreamento Correios Mundo Oi oitorpedo.com.br mundo oi torpedos mundo oi.com.br oi.com.br torpedo-online Tv Online torrent Resultado Dupla Sena Resultado Loteria Federal Resultado Loteca Resultado Lotofacil Resultado Lotogol Resultado Lotomania Resultado Mega-sena Resultado Quina Resultado Timemania baixa-facil Link-facil Resultado Loterias

sexta-feira, 27 de agosto de 2010

Crítica: Karatê Kid (2010)


Época de pouca criatividade é época de trazer à tona velhos sucessos em novas roupagens, a fim de que se criem novos sucessos. O caso mais recente é este Karatê Kid, que se aproveita da popularidade do título do filme de 1984, para iniciar uma nova franquia.

Estranhamente, de karatê este longa nada tem. O filme começa com o garoto de 12 anos Dre (Jaden Smith) e sua mãe (Taraji P Henson) se mudando dos EUA para a China, onde ela conseguira um emprego. Com dificuldades de integração com os garotos do local, que o intimidam como se fossem gangues mirins, Dre faz amizade com Meying (Wenwen Han), uma dedicada aluna de violino. Eles enfrentam vários impecilhos para serem amigos e Dre encontra no kung fu (!) a única arma para ser aceito e se impor naquela comunidade. Para concorrer num campeonato regional, ele contará com a ajuda de Han (Jackie Chan), teoricamente apenas o “cara da manutenção” do prédio onde o menino mora, mas que discretamente omite suas habilidades na citada arte marcial – que não é o karatê, lembrem-se, é o kung fu.

O longa é dirigido por Harald Zwarts (A Pantera Cor-de-Rosa 2), um especialista em pieguice técnica. Ele enche o filme de cenas desnecessárias – como a patética e surreal cena de luta entre Jackie Chan e um bando de crianças, com direito a efeitos “Matrix” e talquinho nas blusas, para fazer poeira quando levam um soco – e abusa dos clichês e da paciência do público com um mínimo de exigência.

Jaden Smith, o filho do Will, sai do patamar de “promessa de talento” (o que aparentava ser quando ainda garotinho, em À Procura da Felicidade) para ser uma “promessa de sucesso”. Dois títulos que não necessariamente andam de mãos dadas. A fase mais criancinha dele era, pelo menos, mais encantadora do que esta fase “olha-como-sou-uma-criança-adulta”.

O grande (e talvez o único) destaque do filme é Jackie Chan, que demonstra serenidade e maturidade na atuação. Ainda assim, nem ele atinge o nível de simpatia do Pat Morita na versão de mais sucesso da franquia (a de 1984). Os tempos eram outros e talvez por isso esta refilmagem não encontre o mesmo lugar no coração do público como a outra encontrou.

Com um primeiro terço arrastado e sem graça, o filme assume um ritmo mais dinâmico no segundo terço – apostando em uma trilha sonora que vai de Lady Gaga a uma versão chinesa do Gorillaz – e fica mais divertido, mas perde novamente o ritmo no final e termina da maneira mais boboca possível. Nem mesmo aquela que seria a sequência apoteótica da história empolga.

A expectativa de que uma nova roupagem poderia ser bem feita e de que a nostalgia poderia agradar o espectador da geração de 80 se esvaiu em uma infeliz imitação, na qual todo chinês fala inglês e a moral de perseverança e dedicação que as artes marciais tanto pregam dá lugar ao sentimento de revolta e busca pela vingança. Uma lástima.

Trailer:

(idem, EUA/China, 140 minutos, 2010)
Dir.: Harald Zwart
Com Jaden Smith, Jackie Chan, Taraji P Henson
Nota 3,5

21 comentários:

leco disse...

Quero ver esse filme! sou super fã do original e apesar de saber que esse novo não vai desbancar o anterior vou lá conferir!

KellxD disse...

Quando eu vi que o filme se chamava Karatê Kid, que teria a luta principal KUNG FU, eu nem corri atrás pra saber da idéia. Ainda mais quando fiquei sabendo que o Justin Bieber cantou a música de um dos trailer. ¬¬

Fred, brigada por só compprovar o que eu já suspeitava. =D

Ledark disse...

vivemos mesmo numa época em que a criatividade foi pro limbo com essa onde de remake atrás de remake... em todo caso, eles não precisavam botar uma música da LadyGaga no meio só pra dizer que tem algo atual... T.T
fazer o que neh... é época de Dorgas msm... ahuea

Fabio disse...

cada um cada um...

Anônimo disse...

amigo com todo respeito, eu ja tinha visto as versoes anteriores do karate kid, vi essa nova mesmo a tematica sendo o KUNG FU, e gostei muito. muitas pessoas disseram que as cenas de ação eram fracas, ou que havia pouca ação.
na minha opniao o filme mostra o que realmente se baseia o kung fu,a diciplina e os valores familiares que foram muito bem abortados neste filme.gostei bastante dessa nova versao e com todo o respeito ao sua opniao, acho que voce nao deveria comparar o karate kid 5 com os anteriores, e ver o filme com a cabeça um pouco mais aberta para essa nova versão que na minha opniao ate agora e um dos melhores filmes deste ano.

Marcelo disse...

até agora, só vi comparações entre os 2(84 e atual) não vi uma critica sobre o filme em si, só falando que todo mundo gosta do antigo e não do novo, porque não tem o Pat Morita e o outro carinha que eu não lembro o nome...
Eu gosto do antigo, como gosto desse também, justamente pelo que o anônimo falou, o filme mostra os valores do kung-fu, e não só a luta...

Tiago Cox disse...

huahauhauahua

Kung Fu Kid!!!



http://blog.boomb.com.br/

Tulio miranda disse...

Kung Fu Xiao

nome original do filme... quem assiste entende...
na internet da pra ver os nomes originais dos filmes e as adaptações que esses sofrem quando entram no brasil... uma lástima!

Anônimo disse...

ACHO QUE DEVO FAZER UMA OBSERVAÇÃO. QUANDO SE DIZ QUE ESTE FILME NÃO TEM NADA DE CARATE,DEVO COMPLETAR QUE OS OUTRO TB NÃO TINHAM NADA DE CARATE ALEM DO NOME. PRINCIPALMENTE NO QUE DIZ RESPEITO AQUELE "GOLPE DA GARÇA MANQUETA" QUE É UM CALO NO CORAÇÃO DE QUALQUER CARATECA QUE VOCÊ POSSA IMAGINAR.

Anônimo disse...

Quando li essa critica, quase desisti de ver o filme.. ainda bem que fui.. diria sem medo de errar que esse foi um dos melhores filmes que vi esse ano.. desculpe, mas discordo 100% com a critica feita..

Felipe disse...

Cara de boah, eu assisti e achei muito animal, os tempos são outros sim, e por isso mesmo temos que mudar, se fizessem tudo como o antigo, o filme se tornaria massante, sem nada novo, quem vive de passado é museu! Abra a cabeça, a inovada que deram, animou o filme.
Assistam! o filme é ótimo, e o S. Smith mandou muito bem na atuação, fikdik.

Anônimo disse...

O filme é muito bom! Fui no cinema com o pé atraz (por ser um remake que geralmente são ruins). Mas valeu o dinheiro gasto.

Rafael Guimarães Barbosa disse...

Vi o Original e vi agora o remake, que não deixa nada a desejar. Uma boa homenagem ao filme clássico. Também discordo com a critica feita.

Leandro Ventura disse...

Esse filme estava com cara de bomba... Mesmo acho não vou criticar antes de assistir. Aliás, karatê não tem nada a ver com kung fu. Sou faixa roxa de karatê e lutei kung fu durante algum tempo e apesar da filosofia ser basicamente a mesma, a arte se diferencia em vários aspectos. Se era pra fazer um 'Karatê Kid' que faça sobre karatê! Kung Fu é kung fu e ponto final!

Fred Burle disse...

Leco, pode ser que aconteça uma boa sessão nostalgia, então vá com fé.

KellxD, ter Kung Fu no lugar de Karatê e música do Justin Bieber nos créditos finais não são os principais motivos pelos quais o filme não empolgue, mas ajudam um pouco. E de nada! Escolha outros filmes para ver. Você pode se dar melhor.

Ledark, a música da LadyGaga no filme foi inserida com coerência, numa cena que pedia isso. Não foi para dizer que tem algo atual, mas porque precisou ter algo atual.

Fábio - ...e cada dois cada dois...

Anônimos - não respondo anônimos.

Marcelo, não é preciso comparação para perceber que este não é um bom filme. E aprender uma luta objetivando vingança não é exatamente um valor que o kung fu prega...

Túlio, o nome original DESTE filme é Karate Kid. Portanto, neste caso, o título não sofreu alteração ao entrar no Brasil. E por favor, me mostre onde você viu que o nome original é Kung Fu Xiao? Eu não encontrei...

Anônimos - não respondo anônimos.

Felipe, eu não disse que o filme não deveria se atualizar ou mudar. Isso sempre é necessário. O que disse é que a época para este tipo de filme já passou, pelo menos para mim. Que bom que para você não passou. E museus possuem cultura, portanto, se isso é viver de passado, eu adoraria ser um museu. Duas perguntas: quem é S. Smith? E o que seria "fikdik"?

Anônimo - não respondo anônimos.

Rafael, você tem todo o direito de discordar. Este é o barato do cinema. Nunca haverá uma unanimidade.

Leandro, muito obrigado pelo comentário. Eis a opinião de alguém que entende de Kung Fu e Karatê. Muita gente deveria levar seu comentário em consideração.

Abraços a todos e obrigado por comentarem.

E ponto final!

Aline Matos disse...

Concordo inteiramente com você Fred, esse filme foi uma tentativa infeliz de nova roupagen de um grande classico dos anos 80.
Fiquei muito decepcionada.
A cena do Jackie Chan lutando com criança foi digna de causar pesadelos.
Não recomendo!!!!!

Fred Burle disse...

Aline, ainda bem que eu consegui dormir sem ter pesadelos com esta cena lamentável! rsrs

Wally disse...

Eu estava até ficando interessado, mas sua crítica me desanimou novamente. Alias, precisavam de 140 minutos de duração?

Anônimo disse...

O cara entende de cinema, ja fez muitos filmes, vamos respeitar a opinião dele, ja leram a critica a Robin Hood, então, lembre-se de sempre vir aqui antes de ir no cinema para não perder seu dinheiro e deixem de assistir esses filmes.

Parabéns pelo Blog e por sempre postar meus comentarias

Fred Burle disse...

Wally, se o filme tivesse 40 minutos a menos, poderia ter sido bem melhor. É melhor para vê-lo em dvd... ou nem vê-lo. Acredite, não fará falta na sua vida.

Anônimo, muito obrigado pelos elogios! Mas não me importo das pessoas terem opiniões contrárias. Isso é saudável! Mas obrigado por comentar e espero que continue vindo aqui para fazer suas consultas antes de gastar dinheiro!
É um prazer postar seus comentários. Mas, da próxima vez, se identifique! É mais interessante saber para quem estou respondendo...
Abraço

Rafa disse...

Gostei muito do primeiro filme e não vou perder este tambem, vou só esperar ele entrar na programação HBO para eu poder ver :)

Postar um comentário

Concordou com o que leu? Não concordou?
Comente! Importante: comentários ofensivos ou com palavras de baixo calão serão devidamente excluídos; e comentários anônimos serão lidos, talvez publicados, mas dificilmente respondidos.

 
Linkbão Oi Torpedo Click Jogos Online Rastreamento Correios Mundo Oi oitorpedo.com.br mundo oi torpedos mundo oi.com.br oi.com.br torpedo-online Tv Online torrent Resultado Dupla Sena Resultado Loteria Federal Resultado Loteca Resultado Lotofacil Resultado Lotogol Resultado Lotomania Resultado Mega-sena Resultado Quina Resultado Timemania baixa-facil Link-facil Resultado Loterias