Linkbão Oi Torpedo Click Jogos Online Rastreamento Correios Mundo Oi oitorpedo.com.br mundo oi torpedos mundo oi.com.br oi.com.br torpedo-online Tv Online torrent Resultado Dupla Sena Resultado Loteria Federal Resultado Loteca Resultado Lotofacil Resultado Lotogol Resultado Lotomania Resultado Mega-sena Resultado Quina Resultado Timemania baixa-facil Link-facil Resultado Loterias

quarta-feira, 7 de julho de 2010

Crítica: Shrek Para Sempre


Sem Andrew Adamson, Shrek nunca mais foi – e nem será – o mesmo. O diretor soube bem dosar o humor ácido e as referências das duas primeiras partes, mas a terceira parte, sob a direção do então estreante no cargo Chris Miller, já não tinha mais o mesmo encanto das outras.

Em Shrek Para Sempre, Mike Mitchell (diretor de Sobrevivendo ao Natal e Gigolô Por Acidente) tenta resgatar a reputação da franquia, que supostamente chega ao fim, e também dar continuidade à arrecadação gigantesca nas bilheterias. Não conseguiu nem uma coisa, nem outra.

Nos EUA, onde o filme já se encaminha para sair de cartaz, a arrecadação não chegou nem ao patamar do primeiro e nem na metade do que fez Shrek 2. No restante do mundo (o filme já estreou em cerca de 20 países), a arrecadação tem tido o mesmo resultado frustrante que nos EUA. Além disso, a crítica também tem sido pouco favorável ao longa.

Em Shrek Para Sempre, o famoso ogro e sua amada Fiona mantém uma vida pacata no pântano, cuidando dos filhos e servindo de atração turística para os humanos, que não mais têm medo daquelas criaturas. Entediado com a situação e clamando por poder voltar a ser o temido e livre ogro que era antes, Shrek cai na lábia do mágico Rumpelstiltskin, que oferece a ele um contrato, no qual Shrek poderá ter um dia como no passado, em troca de dar um dia de sua infância para o mágico.

Shrek, então, é enviado para um mundo totalmente modificado, onde tudo é permitido e o surrealismo impera. Mas ele percebe que algo deu errado no contrato e precisará correr contra o tempo para desfazer o erro.

Como disse o Burro, numa das suas melhores sacadas: “Shrek tornou-se o próprio paradoxo metafísico!”. Pena que não é só o ogro que fica perdido na trama, sem saber como resolver o problema que ele mesmo criou. O roteiro se perde em meios à diversidade de opções de caminhos criados e apela para realidades paralelas e “efeitos-borboleta”, algo que poderia ser complicado e inteligente, mas é resolvido de maneira simplista e piegas.

As piadas só começam a funcionar lá pelas tantas, quando finalmente surge o Gato de Botas, em sua “versão alternativa”. Ele salva a graça e consegue arrancar algumas risadas das crianças que, até então (pelo menos na minha sessão), não haviam sequer se manifestado. Também pudera: com clima mais puxado para o drama, traduções péssimas e desnecessárias de algumas músicas (na versão dublada em português), um vilão sem graça e de nome dificílimo para as crianças brasileiras (repitam comigo: Rum-pel-stilt-skin), ação ineficiente e clima excessivamente sombrio, as reações não poderiam ser outras.

Shrek Para Sempre consegue ser um pouco melhor do que Shrek Terceiro, mas se esta for mesmo a sua despedida das telonas – e oxalá seja –, a chave utilizada para ir embora foi de latão e da porta dos fundos.

Trailer:

(Shrek Forever After, EUA, 93 minutos, 2010)
Dir.: Mike Mitchell
Nota 3,5

6 comentários:

Jardel Nunes disse...

Estreou hoje aqui na minha cidade mas, eu vou passar... o terceiro foi decepcionante demais e esse quarto não me chamou atenção nem nos trailers (sem graça).

Abraços

Cristiano Contreiras disse...

Pra mim, não deveria nem ter tido o primeiro...

abraço!

Andrea Ferreira disse...

O primeiro é bem legal, o segundo meu favorito, terceiro realmente foi decepcioante...Mas, como sou fã do shrek estou ansiosa pra assistir ao Capítulo Final! rs

Fred Burle disse...

Jardel, não vale a pena perder tempo. Tem coisas melhores para ver, nem que for em casa.

Cristiano, quanta amargura! rsrs
Os dois primeiros são tão divertidos!
Mas paciência: gosto... cada um tem o seu. Que bom que você (re)apareceu.

Andrea, concordo com você: o segundo também é o meu favorito.

Abraços, pessoal!

Victor disse...

Discordo. Adorei o filme, mesmo preferindo o segundo e não acho que má arrecadação seja sinônimo de falta de qualidade, se é isso que vc quer dizer quando cita os números. E como vc quer complicação num filme leve e feito, a princípio, pra crianças? Não me proponho a assistir muitos desenhos, mas gosto da despretensão e irreverência de Shrek.

Fred Burle disse...

Victor, má arrecadação não é, de forma alguma, sinônimo de baixa qualidade. Mas neste caso, serviu para mostrar que o filme não empolgou o público como os outros.
Não queria complicação, mas um pouco de inteligência e a sagacidade dos dois primeiros fariam deste um filme muito mais interessante.

Postar um comentário

Concordou com o que leu? Não concordou?
Comente! Importante: comentários ofensivos ou com palavras de baixo calão serão devidamente excluídos; e comentários anônimos serão lidos, talvez publicados, mas dificilmente respondidos.

 
Linkbão Oi Torpedo Click Jogos Online Rastreamento Correios Mundo Oi oitorpedo.com.br mundo oi torpedos mundo oi.com.br oi.com.br torpedo-online Tv Online torrent Resultado Dupla Sena Resultado Loteria Federal Resultado Loteca Resultado Lotofacil Resultado Lotogol Resultado Lotomania Resultado Mega-sena Resultado Quina Resultado Timemania baixa-facil Link-facil Resultado Loterias